Balanças. Você sabia?

Que a calibração é válida somente se for calibrada no local de instalação?

Em função das peças móveis a calibração de balanças é efetuada somente no local de instalação e isso independe do tamanho da balança.

Que se você tirar a balança do local o certificado de calibração pode deixar de ser válido?

Sim. Em função das peças móveis não é recomendado a mudança de local da balança após sua calibração não tendo como assegura que os valores contidos no certificado de calibração sejam válidos.

Que as medições devem ser feitas somente com o peso no centro do prato?

As balanças são projetadas para medição no centro da superfície de medição (prato) independente se há somente uma ou mais células de carga.

Que as medições feitas no canto da superfície de medição são apenas para verificar se há diferenças na medição efetuada pela célula de carga localizada no canto?

Como as balanças são projetadas para medição no centro da superfície de medição se faz necessário a verificação das cargas de canto, como é tecnicamente chamado, visando identificar se há problema com alguma célula.

Que as balanças possuem capacidade de medição mínima e máxima?

Sim. As balanças possuem carga mínima. O fato de uma balança e efetuar medições de 0,001 g a 200 g não quer dizer que o valor declarado pelo instrumento em 0,008 g confiável.

Que, quando utilizado a tara, a calibração deve considerar a tara?

Quanto utilizamos a tara estamos pressionando a célula de carga. Se utilizamos a tara de nossas medições é necessário que no momento da calibração os valores com a tara sejam calibrados.

Que as balanças possui classe de exatidão?

Toda balança possui uma classe que pode ir de I a IV. É importante que se saiba a classe da balança principalmente dos instrumentos que possuem módulo os quais podem ser trocados e claro, devem ser compatíveis com a classe da balança.

Que os padrões de peso devem ser compatíveis com a classe da balança?

Sim. Os pesos padrão utilizados para calibração também possuem classe sendo estes:

  • E1 – utilizados como padrões primárias em laboratórios de calibração;
  • E2 – também utilizados como padrões em laboratórios de calibração para calibração dos pesos utilizados para calibração de balanças além a calibração de balanças com alta exatidão;
  • F1 – utilizado para calibração de balanças analíticas;
  • F2 – utilizado para calibração de balanças analíticas e semi-analíticas;
  • M1, M1-2, M2, M2-3 e M3 – Utilizadas para calibração de grandes capacidades como as rodoviárias e com faixa de medição em toneladas.

Que, assim como todos os instrumentos, devem ser efetuadas verificações periódicas para confirmação dos valores contidos no último certificado de calibração?

Como dito em outros artigos e em nosso Canal no YouTube todo certificado de calibração valida passado e não futuro onde a determinação da periodicidade de calibração é uma suposição sendo necessário a verificação do instrumento para comprovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
LinkedIn
Instagram
× Clique aqui e fale conosco